ff

Rota das Terras - blog@rotadasterras.com.br
sábado, 29 de outubro de 2011
Trânsito mata mais de 40 mil e bate recorde

É o maior número em 15 anos, segundo o Ministério da Saúde.
 
Os acidentes de trânsito deixaram 40.610 mortos no país em 2010, média de 111 por dia e uma alta de 8% sobre o ano anterior.
 
As internações cresceram 15%, beirando 146 mil.
 
Para o ministro Alexandre Padilha, a elevação se deve principalmente ao aumento da frota de motos. Pelo 2º ano, morreram mais motociclistas que pedestres.
 
Técnicos incluem também um provável relaxamento da lei seca. O ministro da Saúde admite que a embriaguez é uma das principais causas de acidentes, mas argumenta que fiscalizar é atribuição dos Estados.
 
Especialistas listam ainda ações do governo federal, como a lei, sancionada por Lula, que regulamentou a profissão de mototaxista e os incentivos a motos e carros, em detrimento do transporte coletivo.

Postado por WM Internet as 10:10 e tem 0 comentarios

sexta-feira, 21 de outubro de 2011
SOJA - Palavra de ordem é prevenção

Adotando determinadas medidas o agricultor poderá reduzir os possíveis prejuízos, caso ocorra períodos de seca
 
O temor de uma safra prejudicada por causa de períodos de seca é bastante comum no dia-a-dia dos agricultores, principalmente quando os prognósticos meteorológicos ainda não são precisos. Existem boletins que indicam a probabilidade de que a partir de dezembro as chuvas se tornem mais escassas, caracterizando a tendência do fenômeno La Niña. Desta forma, a atitude mais coerente que o produtor rural deve fazer é se prevenir.
 
Conforme o engenheiro agrônomo do Escritório da Emater Regional de Passo Fundo, Cláudio Dóro, existem diversos passos que o agricultor deve seguir para reduzir a incidência de perdas na lavoura depois. "Em primeiro lugar ele deve fazer o plantio direto na palha, e colocar a plantação no seguro agrícola, tanto o Proagro como de uma seguradora particular", explica ele.
 
A terceira atitude é realizar o plantio escalonado, ou seja, não plantar todas as sementes em uma única época, para não coincidir os períodos de seca com os de enchimento de grãos e acabar afetando toda a produção. "Escolher sementes com períodos de maturação diferentes também é uma ótima medida, com cultivares de ciclos precoces, médios e longos, reduzindo os riscos", informa Dóro, lembrando que conduzir a lavoura com tecnologia, principalmente em adubação, também auxilia bastante.
 
Além disso, deve-se trabalhar com a conservação do solo, com o plantio em nível, de preferência manter os terraços e, se possível, seria ideal para salvar a lavoura ter um sistema de irrigação. Dóro assegura que atualmente a irrigação não é mais privilégio de grandes propriedades, pois já existem projetos em nível Estadual que incentivam a construção de açudes e também para o financiamento de equipamentos para irrigar. "A água é o principal insumo, principalmente no verão. Por isso, acredito que quem ainda não investiu neste sistema deveria pensar na possibilidade, pois são medidas que vão salvaguardar a economia do produtor", ressalta.
 

Postado por WM Internet as 15:36 e tem 0 comentarios

sábado, 8 de outubro de 2011
Começa a contagem regressiva para as eleições municipais

Prefeitos da região ainda estão indefinidos

Na Comarca de Erechim, onde há duas zonas eleitorais, que abrangem outros 13 municípios, e onde votam 110.720 eleitores, a maioria dos prefeitos que pode concorrer à reeleição ainda não decidiu se encara mais uma disputa eleitoral. Dos 14 prefeitos, 11 podem buscar mais um mandato, já que três já foram reeleitos, casos de Barão de Cotegipe, Campinas do Sul e Três Arroios. Dos 11 prefeitos aptos a disputar a reeleição, oito não definiram se realmente vão; um está indeciso e outro garantiu que não concorre mais.
 
O prefeito de Erechim, Paulo Polis (PT), que não negou o desejo de permanecer no poder, é um dos que ainda não definiu se concorre. "Tenho essa vontade, mas ela não depende apenas de mim. Quem definirá isso será o meu partido em conjunto com as demais legendas que hoje dão sustentação ao nosso atual governo", justificou.
 
O prefeito de Quatro Irmãos, Jupyr Oliveira (PP), garantiu que não concorre mais. "Fui eleito o primeiro e o terceiro prefeito do município, já fiz minha parte, e agora aos 75 anos, vou cuidar da minha empresa e da minha família", declarou.
 
O prefeito de Paulo Bento, Gabriel Gevinski (PMDB), não foi localizado para comentar o assunto.
 
Prefeito Situação
Luiz Ângelo Poletto (Aratiba) Indefinido
Ivonei Marcio Caovila (Barra do Rio Azul) Indefinido
Paulo Alfredo Polis (Erechim) Indefinido
Inidio Pedro Munari (Itatiba do Sul)
Indefinido
Edegar Antonio Menin (Jacutinga)
Indefinido
Ivan Marcos Devensi (Mariano Moro)
Indefinido
Gabriel Jevinski (Paulo Bento)
Indefinido
Jupyr Souza Oliveira (Quatro Irmãos) Não vai
Ademar José Basso (Severiano de Almeida)
Indefinido
Marculino Fontana (Cruzaltense) Indeciso
 
 
Prefeitos de Passo Fundo e Marau não podem concorrer à reeleição
O Cartório Eleitoral de Passo Fundo é composto por duas Zonas Eleitorais que abrangem cinco municípios, totalizando 143.929 eleitores. Em municípios da região, os atuais prefeitos ainda estão em fase de definição quanto à reeleição. No município de Constantina, Braulio Zatti (PT) poderá concorrer ao pleito. Na cidade de Ernestina, Aderi Baumgratz Soares (PSDB) ainda não definiu se concorre novamente. Em Espumoso o prefeito Zelindo Signor Neto (PDT) não irá à reeleição. No município de Ibiraiaras, Ferdinando Dallagnol (PMDB) está no segundo mandato e não pode concorrer à reeleição. O prefeito de Marau, Vilmar Zanchin, já está no segundo mandato, assim como o prefeito de Passo Fundo, Airton Dipp (PDT) e não podem concorrer
 
Reeleições devem pontuar candidaturas na 15ª Zona Eleitoral

A 15ª Zona Eleitoral, com sede em Carazinho, atende a cinco municípios da região e tem um total de 59.117 eleitores cadastrados. Somente em Carazinho são 45.352 eleitores, logo após vem Chapada, com 7.838 títulos cadastrados; Coqueiros do Sul, com 2.251, Santo Antônio do Planalto, com 1.774; e Almirante Tamandaré do Sul, com 1.902 eleitores. A um ano das eleições municipais de 2012, os partidos já começam a se articular e pensar nas possíveis coligações, e os prefeitos definem se buscarão ou não uma reeleição.
 
Em Carazinho, o prefeito Aylton Magalhães (PP), afirma que não pode "dizer categoricamente" se buscará um novo mandato, "mas tudo indica que sim", pois tem vários projetos que ficarão em andamento. "Inclusive pretendo começar alguns projetos novos, como o Pró-Transporte, o PAC, que consiste na reurbanização da área da baixada do CAIC e arredores, e outros. E tem também a mecanização da coleta de lixo, logo vamos comprar os conteiners e caminhões, usando a verba da Corsan que deve ir para o meio ambiente", esclarece.
 
Aylton ressalta que "todos esses projetos" o levam a ser novamente candidato, pois "tem um sonho que ainda não realizou pelo povo".
 
Dilse espera por uma chapa única

A prefeita de Almirante Tamandaré do Sul, Dilse Klein Bicigo (PSDB), comenta que a Administração está trabalhando bastante e é possível que ela concorra a uma reeleição. "Claro que junto com o trabalho administrativo, a gente também faz um trabalho político e se o partido entender que eu sou um nome importante eu estou a disposição para uma nova candidatura", afirma.
 
Dilse explica que sua relação com todos os partidos é muito boa, principalmente com o Partido Progressista (PP), legenda de seu vice-prefeito, Roberto Bernardi, com o qual ela afirma ter uma relação bastante sólida. "Ele está sempre ao meu lado, me apóia, é uma pessoa que sempre esteve disponível, nos relacionamos bem, inclusive com os outros secretários", complementa, acrescentando que vai trabalhar para que tenha um consenso na coligação, com chapa única, pois acredita que isso será melhor para a cidade.
 
Lui diz que se colocou a disposição do partido

Já em Chapada a situação ainda está indefinida. O prefeito Larri Lui (PP) declara que a população vai decidir se ele deve ou não continuar no cargo. "Sou um soldado do partido, se eles desejarem estou a disposição para tentar a reeleição", ressalta, afirmando que, se concorrer novamente, um de seus projetos será a continuação da luta pelo asfalto da ERS 330. "Seremos incansáveis nesse pleito", assegura.
 
Entre as possíveis coligações para uma reeleição, Lui acredita que continuará a mesma do Governo atual, com Partido Progressista (PP), Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e Partido Republicano Brasileiro (PRB).
 
Adames considera uma possível candidatura a reeleição

Em Santo Antônio do Planalto, o prefeito Edson Adames (PDT) diz que os partidos estão conversando e é possível que ele concorra à reeleição. "Deixei meu nome a disposição, mas ainda não tem nada definido", argumenta, comentando que a coligação possivelmente será a atual que, além do Partido Democrático Trabalhista (PDT), engloba o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) e o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).
Embora a relação do prefeito com seu vice, Airton Albino Zimmer (PSDB), seja "100% tranquila", ele esclarece que não há possibilidade dos dois concorrerem juntos novamente, pois o acerto entre os três partidos é de que agora seria a vez do PMDB escolher o vice.
 
Kochenborguer explica que a situação ainda está indefinida

Em Coqueiros do Sul, o prefeito Rafael Kochenborguer (PP) afirma que sua reeleição ainda está indefinida, mas que o partido está pressionando para que ele se candidate novamente. "Vai depender do que acontecer até o final do ano, mas independente se qualquer coisa eu sou um soldado do partido e, se não for para prefeito vou para vice", complementa.
 
A relação de Kochenborguer com seu vice, Valoir Chapuis (PP), como ele mesmo declara, é muito boa e se forem candidatos a reeleição os dois irão juntos. "Essa é uma das minhas condições que ele vá comigo", ressalta, explicando que, para uma possível coligação, só tem a confirmação do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), outros ele prefere não divulgar ainda, pois não estão certos. "Mas o PP está aberto para qualquer partido que quiser nos procurar, até porque todos estão vendo o trabalho que foi realizado no município", reitera.
 
Calendário eleitoral
 
07/10/2011 – Data limite para que os partidos políticos que pretendem participar das eleições 2012 obtenham registro no Tribunal Superior eleitoral e data em que os candidatos devem já estar com seu domicilio eleitoral registrado e filiação no partido pelo qual irá disputar o pleito.
09/05/2012 – Último dia para o eleitor requerer inscrição eleitoral, transferência de domicilio ou alterações no seu título eleitoral.
30/06/2012 – Último dia para a realização de convenções destinadas a deliberar sobre coligações e escolher candidatos a prefeito, vice-prefeito e a vereador.
06/07/2012 – Data a partir da qual será permitida a propaganda eleitoral
21/08/2012 – Início do período da propaganda eleitoral gratuita no rádio e na tevê.
06/10/2012 – Último dia para propaganda eleitoral mediante alto-falantes ou amplificadores de som e material gráfico.
07/10/2012 – Dia das Eleições. Caso haja a necessidade de um segundo turno, ocorrerá no dia 28/10/2012.

Leia mais

Postado por WM Internet as 10:59 e tem 0 comentarios

Posts mais recentes Posts mais antigos

 
Google
 

 

Últimos Posts

Reserve o nome de sua empresa na internet
Vídeo com atropelamento em faixa de segurança
Inicia a colheita da soja em Selbach
Grave acidente com três vítimas fatais na BR 377 p...
Acidente fatal entre Tapera e Espumoso
Radar que pega a 1 km
Dentista morre em acidente em Passo Fundo
Acidente vitima caminhoneiro taperense no Pará
Com passagem mais barata que ônibus, Azul confirma...
Dica - Blog saudável

Arquivos

Abril 2011 Maio 2011 Junho 2011 Julho 2011 Agosto 2011 Setembro 2011 Outubro 2011 Dezembro 2011 Janeiro 2012 Fevereiro 2012 Março 2012 Maio 2012 Junho 2012 Julho 2012 Agosto 2012 Setembro 2012 Dezembro 2012 Março 2013 Maio 2013 Junho 2013 Agosto 2013 Setembro 2013 Outubro 2013 Novembro 2013 Dezembro 2013 Março 2014 Novembro 2014 Outubro 2015

 

 

 

WM INTERNET